Monthly Archives

setembro 2018

XIV Torneio Juniors

By | Eventos | No Comments

Academia Limão Tênis promove o seu XIV Torneio Juniors

No Domingo, dia 23, a academia Limão Tênis reuniu alunos e convidados da categoria Juniors para participarem do XIV Torneio Juniors 2018.

Estiveram presentes 18 crianças, que foram divididas em duas categorias (Iniciante e Aperfeiçoamento). Linda Hong e Enzo de Vita venceram na categoria Iniciante e Laura Vannucchi e Enzo Sordi na categoria aperfeiçoamento.

Todos os participantes ganharam um kit especial da marca “Wilson” e receberam o carinho dos pais, colegas e funcionários presentes.
O Torneio celebra o esporte como forma de incentivo para as crianças, proporcionando disciplina e também trazendo um momento de lazer e encontro para todos. O Tênis proporciona experiências positivas e colabora para a socialização de cada uma dessas crianças.

Confira a galeria de fotos do evento

O brasileiro Thiago Wild se destaca no US Open

By | Matérias | No Comments

O jovem Brasileiro Thiago Wild vence Grand Slam em Nova York

Paranaense de 18 anos, subiu ao pódio da edição 2018 do US Open para comemorar o resultado obtido como o melhor da sua categoria

O Grand Slam “US Open” dessa edição, teve o Brasileiro Thiago Wild, de 18 anos, como vencedor da categoria juvenil. Na final do torneio, o paranaense teve uma atuação muito segura e venceu o italiano Lorenzo Musetti por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/2 em uma partida com duração de 1h18.

Thiago Wild é apenas o sexto tenista do Brasil a chegar a uma final de Grand Slam juvenil e o segundo a conquistar esse título. Tiago Fernandes, antes dele foi campeão no Aberto da Austrália, em 2010. Nas outras vezes, foram vices em Wimbledon, Ivo Ribeiro (1957) e Ronald Barnes (1959); e em Roland Garros, Thomaz Koch (1962 e 1963) e Luis Felipe Tavares (1967).

Wild que hoje é número 6 da competição e cabeça de chave do juvenil, teve seu momento mais alto na campanha ao derrotar o promissor Chun Hsin Tseng, de 17 anos, número 1 da categoria e que vinha de títulos em Roland Garros e Wimbledon. O brasileiro, por sua vez, tem competido ao longo da temporada já entre os profissionais, inclusive nos ATPs do Rio de Janeiro, São Paulo e Kitzbuhel, na Áustria.

Durante a partida, Thiago dominou completamente o primeiro set sobre o italiano, com um estilo mais agressivo e pressionando o adversário na forma de jogar, muito rapidamente fechou em 6/1. No segundo Set o brasileiro relaxou  um pouco e acabou cometendo mais erros na hora de forçar as jogadas, fazendo com que o  italiano crescesse, ganhando assim confiança e, depois do 2/2, acabou por  empatar a partida em 6/2.

O Set que foi decisivo iniciou com o italiano bastante confiante, contando com os erros de Wild e dando pouca margem nos pontos, foi aproveitando isso que Musetti conquistou ainda os dois games seguintes para abrir com quebra em 2/0.  Até que um ponto sensacional de Wild mudou todo o cenário da partida , no qual o jovem atleta pontuou ao acertar um lob no fundo da quadra.

Então, foi aí que o brasileiro ganhou confiança e imediatamente devolveu a quebra. Thiago Wild chegava em todas as bolas e, após vencer um lindo rali, embalou para chegar a um novo break, abrindo 4/2 ao confirmar seu serviço. Seguiu confiante e então não deu mais chances para o rival, já desnorteado com a sequência, garantindo o título com 6/2.

Thiago Wild vencer dentro da sua categoria, mostra que nossos jovens talentos, sendo bem treinados e incentivados por aqui, têm grandes chances de se tornarem também campeões no futuro.

Edição 2018 do US Open chega ao final

By | Matérias | No Comments

Edição 2018 do US Open chega a final, com premiação de Novak Djokovic, Naomi Osaka e dos ganhadores das partidas entre duplas

Novak Djokovic foi quem levou a melhor na categoria Masculina, na edição 2018 do Grand Slam (US OPEN) que teve a sua final no Domingo, dia 9 de Setembro, nos Estados Unidos, na cidade de Nova York. Com uma vitória de 3 sets a 0 e parciais de 6/3, 7/6 (4) e 6/3, durante uma partida de 3h15 contra Juan Martin Del Potro, o tri Campeão Djokovic adquiriu mais um título e soma 14 em Grand Slams.

O US OPEN dessa edição permitiu à Djokovic levantar o seu 14º Troféu de Grand Slam, ficando com a mesma marca do lendário Pete Sampras se colocando atrás apenas de Roger Federer com 20 e Rafael Nadal com seus 17.

Já representando as mulheres, Naomi Osaka teve destaque e venceu o jogo final contra Serena Willians, vitória essa de 2 sets a 0 com parciais de (6/2) e (6/4.

As partidas entre as  duplas também agitaram as quadras: Jack Sock e Mike Bryan subiram ao pódio para comemorar a vitória masculina em solo americano. Ashleigh Barty e Coco Vandeweghe tiveram vantagem sobre a dupla feminina Kristina Mladenovic e Tímea Babos e ganharam o troféu dessa categoria. Representando as duplas mistas, Bethanie Mattek-Sands e Jamie Murray conquistaram a premiação encima da dupla N. Mektić e Alicja Rosolska.

XIV Torneio Kids

By | Eventos | No Comments

No domingo, dia 16, a academia Limão Tênis reuniu alunos e convidados da categoria Kids para participarem do XIV Torneio Kids 2018.

Estiveram presentes 12 crianças, que foram divididas em duas categorias (Vermelha e Laranja). Stefano Merlini e Isabela Hong venceram o torneio e Manuela Bagnetti e Maria Clara ficaram como vice-campeãs. Todos os participantes ganharam um kit especial da marca “Wilson” e receberam das mãos dos professores  as medalhas de participação e os aplausos dos pais, colegas e funcionários presentes.

O Torneio Kids celebra o esporte como forma de incentivo para as crianças, proporcionando disciplina e também trazendo um momento de lazer e encontro para todos. O Tênis proporciona experiências positivas e colabora para a socialização de cada uma dessas crianças.

Limão Tênis de olho no US OPEN 2018

By | Notícias | No Comments
Foto: Getty Images

Roger Federer é derrotado pelo australiano John Millman em partida das oitavas de final do Grand Slam US OPEN 2018

 O suíço atribuiu o calor e a falta de circulação de ar na quadra principal também como as causas que o impediram de desempenhar seu melhor tênis

 Nessa segunda-feira (3), o tenista Roger Federer chocou o público presente que acompanhava a partida das oitavas de final do torneio US Open entre o suiço, contra o australiano John Millman. Federer justificou o motivo da derrota, sendo o calor, a umidade e a falta de circulação de ar na quadra principal, pontos que contribuíram para que ele não pudesse fazer uma competição em alto nível.

Após cometer 76 erros não forçados,  Federer acabou perdendo a partida.  O australiano John Millman levou a melhor após uma virada em 3 sets a 1, parciais de 3/6, 7/5, 7/6 (9-7) e 7/6 (7-3), com uma duração de 3h34.

Segundo entrevista dada ao Portal SPORT TV, Roger Federer contou que sentiu que não conseguiria ar para seguir com o jogo. “Achei que estava muito calor hoje à noite. Foi uma daquelas noites em que acho que senti que não conseguia ar. Não havia circulação alguma. Eu não sei, por alguma razão apenas lutei contra as condições da noite. É uma das primeiras vezes que isso acontece comigo […] Acredito que desde que o teto retrátil foi instalado, a circulação de ar foi prejudicada. Num dado momento, fiquei feliz pelo fato de o jogo ter terminado”.

Mesmo assim, Federer não deixou de ressaltar o mérito de seu adversário, segundo o tenista Millman fez um grande jogo. E ainda fez questão de lembrar que o australiano estava mais acostumado ao calor por ser nativo da cidade de Brisbane.

John Millman, considerado o número 55 do mundo, teve a sua primeira vitória diante de um top 10 na carreira. Millman avança a etapa para enfrentar o sérvio Djokovic na próxima fase.  Esse resultado foi encarado como “zebra”.

Fernando Verdasca Jr.
Jornalista
MTP 0059704/SP